08
Nov2019 Friday
21h00 Till 22h30

CHÁ COM ARTE - Cultura da Paz – Diálogo Ecuménico”

Ourém
Museu Municipal de Ourém Museu Municipal de Ourém
Thought

description

Em 2019, o Museu Municipal de Ourém (museu RPM) e a Liga de Amigos do Consolata Museu| Arte Sacra e Etnologia - Fátima (museu RPM) associam-se na celebração do Ano Internacional da Moderação.

Ambos os museus unem esforços para, enquanto plataformas de cidadania, contribuírem para a amplificação das vozes da moderação através da promoção do diálogo, da tolerância, da compreensão e da cooperação.

Constituem iniciativas inscritas nesta missão duas conferências na rubrica “ Chá com Arte” agendadas respetivamente para a Casa do Administrador - Museu Municipal de Ourém, no dia 8 de novembro pelas 21h00, com o tema “Cultura da Paz – Diálogo Ecuménico” a cargo do jornalista e investigador em Ciências Religiosas Joaquim Franco e para o Consolata Museu |Arte Sacra e Etnologia, no dia 15 de novembro, pelas 21h00, com o tema “Cultura da Paz - Diálogo Intercultural”, visualizando-se e discutindo-se o documentário “Humano — Uma Viagem pela Vida” , seguindo-se a visita à exposição temporária «AMAZÓNIA | Yanomami, os guardiões da Casa Comum» e reservas da coleção de etnologia.

A entrada é livre, podendo os participantes degustar infusões “Aromas de Oureana” e bolos regionais.

technical data sheet

8 de novembro – OURÉM 6.ª feira 21h00 - Cultura da Paz | Diálogo Ecuménico

JOAQUIM FRANCO (jornalista/ investigador em Ciências Religiosas) MMO |Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador Síntese biográfica JOAQUIM FRANCO nasceu em Lisboa, em 1967. Casado, tem dois filhos. É Mestre e investigador em Ciência das Religiões na ULHT, cofundador do Observatório para a Liberdade Religiosa, coordenador-adjunto do Instituto de Cristianismo Contemporâneo, membro da direção do Instituto de Estudos Avançados em Catolicismo e Globalização, prémio Consciência e Liberdade 2013 atribuído pela Associação Internacional para a Defesa da Liberdade Religiosa, autor e coautor de diversas publicações – entre as quais, Papa Francisco - a Revolução Imparável (Manuscrito), Com franqueza (Paulinas), Do eu solitário ao nós solidário (Verso de Kapa), Somos pobres mas somos muitos (Verso de Kapa) ou Leitura (im)possível de uma visita (Ed. Lusófonas) –, é também formador em Religião e Comunicação. Fez formação em jornalismo no CENJOR. Jornalista da SIC e fundador da SIC Notícias, cronista na SIC Online, passou antes pela TSF, Comercial e CMR. Foi ainda realizador e editor do 70x7, na RTP2. Recebeu o Prémio Orlando Gonçalves 2014, pela reportagem Esplendores… (SIC); 2.º Prémio Giuseppe de Carli 2013, pela reportagem Arquivo Secreto Vaticano (SIC); Prémio Comunicação Social/Rádio 1999, pela reportagem Terceira Idade da Inocência (TSF); Menção Honrosa Impresa 2005, pelo documentário João Paulo II, o Primeiro Papa Global (SIC/Expresso); Menção Honrosa CLEPUL 2013, pela reportagem O Esplendor da Austeridade (SIC); e viu a reportagem Ritual da Morte no Islão nomeada entre as melhores de 2006 pelo ACIME. Ligado à ação social e ao associativismo desportivo, é membro da administração de uma Misericórdia e foi vogal da CNJP.