22
Ago2020 Sábado
09h00 Até 18h00

147.º Aniversário SAMP

Leiria
Sociedade Artística Musical dos Pousos Sociedade Artística Musical dos Pousos
Outro Música

Sinopse

A 22 de agosto de 2020 (sábado), a SAMP celebra o seu 147.º Aniversário e mais um ano de vida e história com a comunidade!

A Sociedade Artística Musical dos Pousos foi fundada a 22 de agosto de 1873 por um grupo de Pousenses liderado pelo Barão de Viamonte. Figura de realce na política nacional, pertencente aos partidos regenerador e progressista, e por duas vezes Governador Civil do Distrito de Leiria, José Dias de Oliveira da Cunha (Barão de Viamonte) foi o primeiro Presidente da SAMP.

Sabemos que o Barão de Viamonte gostava dos homens que trabalhavam na sua Quinta dos Andrinos, pois, juntamente com o sogro, o Barão do Salgueiro, e o seu antecessor no cargo de Governador Civil do distrito, Eça de Queirós, conseguiram o dinheiro necessário à compra dos instrumentos que deram origem à SAMP. Foi no dia 08 de dezembro de 1873 que os primeiros sócios músicos da Philarmónica dos Pouzos receberam os primeiros instrumentos musicais. Com eles, subiram dos Andrinos até aos Pousos pela rua que tem hoje o nome do fundador da SAMP, com tal alarido e contentamento, que passou a ser o dia 08 de dezembro a data em que se celebra o nosso Aniversário. Desde aí, a Banda Filarmónica nunca mais parou, tornando-se num grande pilar e a base da criação da SAMP.

A década de 1990 revelou-se um ponto de viragem maior na história desta casa, pois foi quando começou a funcionar a Escola de Artes SAMP e com ela vieram, também, novas ideias que se concretizaram na projeção e organização de vários outros programas culturais e pedagógicos, de impacto social maior, projetando a centenária Sociedade para além da região leiriense e das fronteiras do país, como são exemplos os programas Música para Bebés, Saúde com Arte, Pinhal das Artes e Carrilhão.

Após 147 anos e com atividade ininterrupta desde a sua fundação, a SAMP tem sido pioneira na vida cultural da região de Leiria. Hoje, os coretos são lares e creches, prisões e hospitais, bairros sociais e centros de dia, palcos e salas de aula. Desde o ventre das mamãs, ao som como último colo, a SAMP leva Música, Arte e Amizade a toda a comunidade. São 147 anos de história e a SAMP continua ligada e a trabalhar sob o lema de que “muito mais importante que colocar músicos no palco é colocar a Música na vida das pessoas”.


Parabéns, SAMP!

Ficha técnica

Fotografia de Ricardo Graça