05
Abr2019 Sexta
21h30 Até 23h00

37º Festival Música em Leiria - Luís Figueiredo KRONOS

Pombal
Teatro-Cine Pombal
Animação Cultural Música

Sinopse

Em novembro de 2017, Luís Figueiredo editou KRONOS/ PENÉLOPE, um álbum duplo dedicado ao tema do Tempo nas suas múltiplas facetas. A música de KRONOS
/ PENÉLOPE foi escrita entre 2012 e 2017. O pianista encontrou inspiração em outros músicos e outras músicas, mas há também importantes ligações a livros e filmes, duas das suas paixões mais intensas. W.H. Auden, Bill Frisell, Italo Calvino, Marin Marais, Nuno de Figueiredo, Sting, Oliver Sacks, José Mujica, Alain Corneau, Júlio Cortázar e Ornette Coleman são algumas das referências para esta música.

Luís Figueiredo explora a inesgotável temática do Tempo através da b u s ca d e a l te rn ativas a fó rmu las e categorizações que encontramos vulgarmente na prática e no discurso sobre jazz e música improvisada. Desta forma, sugere-nos uma e outra vez que é frequentemente nos interstícios dessas normas que se encontram as propostas mais interessantes. Mais do que ver-se inscrito em categorias musicais, interessa ao autor compor e interpretar música onde encontre profundo significado.

No álbum KRONOS / PENÉLOPE, cada um dos discos representa uma face que é autónoma mas tem raízes e ramificações no seu reverso. De uma forma muito natural, do álbum nasceram dois espetáculos, distintos mas interligados: se PENÉLOPE é a Espera e a Memória, KRONOS é a azáfama dos dias, a Passagem do Tempo, a Morte e o Renascimento.

Ficha técnica

Rita Maria (voz)
Diogo Duque (trompete)
Desidério Lázaro (saxofones)
Mário Delgado (guitarras)
Luís Figueiredo (piano, teclados, composição,
direção musical)
Mário Franco (contrabaixo)
Marcos Cavaleiro (bateria)