14
Jul2019 Domingo
21h30 Até 23h00

Banda Sinfónica de Alcobaça - CISTERMÚSICA 2019

Alcobaça
Mosteiro de Alcobaça - Cerca Mosteiro de Alcobaça - Cerca
Música

Sinopse

Paisagens Sonoras

Obras de Braga Santos, Respighi e Chostakovitch
Banda Sinfónica

A Banda de Alcobaça (BA) teve, na sua origem, um agrupamento musical composto apenas por instrumentos de metal. Chamava-se Fanfarra Alcobacense.

A sua atividade durou de 1900 a 1912, tendo alcançado um alto nível artístico-musical, que lhe valeu o honroso título de Real Fanfarra Alcobacense concedido pelo rei D. Carlos e pela rainha Dona Amélia.

Fundada em 19 de março de 1920, a BA levou, durante quase 40 anos, a sua música a inúmeras localidades, tendo atuado numa vasta área do território nacional. Depois de um interregno de 28 anos, a BA voltou à atividade em janeiro de 1985, graças ao empenho de um grupo de Alcobacenses que, para o efeito, criou uma escola de música.

Desde então a BA tem vindo a afirmar-se no panorama musical português, devido ao repertório executado, mais próximo de uma orquestra de sopros ou mesmo de uma banda sinfónica do que de uma banda filarmónica tradicional, e à qualidade dos seus jovens músicos.

Foi, por isso, natural a evolução para uma banda de concertos, totalmente assumida pela designação Banda Sinfónica de Alcobaça (BSA), explorando o repertório específico para este tipo de formação, por um lado, e apostando em obras de compositores portugueses contemporâneos, por outro – a par ainda da aposta na gravação de obras de referência tendo até à data editado quatro discos.

Ficha técnica

André Granjo, direção musical