15
nov2021 segunda
21h30 Até 23h30

B&M 2021 - ROCKFEST | CINE-CONCERTO "SURDINA", DE RODRIGO AREIAS - COM TÓ TRIPS

Alcobaça
Cine-Teatro de Alcobaça João D'Oliva Monteiro Cine-Teatro de Alcobaça João D'Oliva Monteiro
Cinema Música

Sinopse

ROCKFEST
Cine-concerto: "Surdina", de Rodrigo Areias - com convidados: Rodrigo Areias (realizador) e Tó Trips (Músico)
 
 
Local: Cine-Teatro de Alcobaça João D’Oliva Monteiro
Horário: 21h30
Duração: 79 minutos
Público-Alvo: Público Geral
Classificação Etária: M/14
Entidade: Bando a Parte e Revolve
Moderador: Alberto Guerreiro
 
 
 
Com: António Durães, Ângela Marques, Ana Bustorff, Jorge Mota, Filomena Gigante, Clara Moreira, João Pedro Vaz e Rosa Quiroga.
Comédia, NC, POR, 2019, Cores, 79 min.
Surdina é uma "trágicomédia minhota" realizada por Rodrigo Areias com argumento de Valter Hugo Mãe e musica de TóTrips. O cine-concerto conta com Tó Trips a interpretar ao vivo e na integra a banda sonora. Num espaço rural, um velho homem recebe a notícia de que a sua falecida mulher foi vista a fazer compras na feira. Revoltado, pretende esconder-se de todos, despeitado e triste, mas os seus amigos insistem para que não dê ouvidos ao povo e aproveite tal facto para se fortalecer e, quem sabe, casar-se de novo. Esta é uma história da delicadeza de se ser velho, do que resta ainda para sonhar e para amar quando a idade avança significativamente e o corpo se enfraquece.
 
 
 
 
 
 
RODRIGO AREIAS, PRODUTOR E REALIZADOR
Começou os seus estudos em Gestão na Universidade Católica Portuguesa. Licenciado em Som e Imagem pela Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa, possui ainda um curso de especialização em Realização Cinematográfica da Tisch School of Arts da Universidade de Nova Iorque e o programa de produção Eurodoc. Desenvolveu atividade de formador nos workshops promovidos pela associação Filhos de Lumière. Tem desenvolvido ao longo da sua carreira, trabalhos criativos na área de cinema de autor em ficção e documentário, alternando com outros trabalhos em domínios de video-arte e vídeo clips para alguns dos melhores nomes da cena rock Portuguesa (The Legendary Tiger Man, Wray Gunn, Mão Morta, Sean Riley, D3o, etc.) e diversos outros projectos. Como produtor começou a sua carreira em 2001 e desde então produziu e co-produziu mais de 70 curtas, longas, vídeos e documentários. Produziu autores de renome como Edgar Pêra, João Canijo e F. J. Ossang, bem como jovens realizadores como André Gil Mata, João Rodrigues e Jorge Quintela. Tem co-produzido com o Brasil, Reino Unido, França, Alemanha e Finlândia. Como realizador, entre vários filmes destaca-se Tebas (longa metragem) e Corrente (curta metragem) com os quais esteve representado em mais de cinquenta festivais internacionais e foi galardoado com uma dezena de prémios. A sua segunda longa-metragem estreou em Competição Oficial no Festival Internacional de Karlovy Vary e foi galardoado com uma Mensão Especial. Foi responsável pela produção de cinema de Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura onde se incluem filmes de realizadores como Jean-Luc Godard, Aki Kaurismaki, Peter Greenaway, Manoel de Oliveira, Pedro Costa e Victor Erice.
 
 
TÓ TRIPS, MUSICO
Tó Trips nasceu em Lisboa em 1966 e acabou o curso da Escola António Arroio em 80's. É designer (assina como Mackintóxico) e músico, guitarrista de vários projectos musicais, dos quais os mais reputados são os dos Lulu Blind e Dead Combo. Amante de viagens e de rock n roll! Uma das figuras mais emblemáticas do que normalmente se apelidou de Música Moderna Portuguesa, o impacto da primeira banda de Tó Trips – os Amen Sacristi – foi conjuntural. Frequentadores dos concursos do Rock Rendez-Vous lembrar-se-ão deles.
 
 
 
 
PROGRAMA COMPLETO AQUI - https://bit.ly/2Zry9Sj