26
out2022 quarta
20h30 Até 22h00

B&M 2022 - Cinema: "1618" de Luís Ismael

Alcobaça
Cine-Teatro de Alcobaça João D'Oliva Monteiro Cine-Teatro de Alcobaça João D'Oliva Monteiro
Cinema

Sinopse

Cinema: “1618” de Luís Ismael

- sessão com a presença do realizador Luís Ismael

 

 

Cine-Teatro de Alcobaça João D’Oliva Monteiro

20h30

Público Geral

M/14

90 minutos

Entrada livre

 

 

Cidade do Porto, 1618. Matos de Noronha, visitador da Inquisição, dirige-se para a cidade, numa carruagem escoltada pela sua guarda. Muitos cristãos-novos são suspeitos de terem praticado heresias judaicas. António Álvares, mercador e filantropo respeitado pelos habitantes do Porto, é o primeiro alvo da visitação. A fuga parece ser o seu único caminho.

A Inquisição continua a perseguir os judeus portugueses, enviando o visitador Sebastião de Noronha para a cidade do Porto. Com a família e a sua comunidade em perigo, António Álvares decide delinear um plano de fuga. Baseado em factos verídicos, o filme “1618” conquistou mais de 50 prémios internacionais em festivais de cinema.”1618″ faz parte de um projeto inter-religioso e de combate ao antissemitismo entre a Comunidade Judaica do Porto (detentora dos direitos sobre o filme) e a Diocese católica do Porto.

Baseado em factos verídicos, o filme “1618” conquistou mais de 50 prémios internacionais em festivais de cinema.

“1618” faz parte de um projeto inter-religioso e de combate ao antissemitismo entre a Comunidade Judaica do Porto (detentora dos direitos sobre o filme) e a Diocese católica do Porto.

 

1618 de Luís Ismael

2020 | Drama Histórico | M/14 | Brasil-Portugal | 90’

Com: Pedro Laginha, Francisco Beatriz, Catarina Lacerda

 

 

Sobre Luís Ismael
 
Luís Ismael, cujo verdadeiro nome é Luís Miguel da Rocha Ferreira, é um cineasta, argumentista e ator português. Confessa que começou a interessar-se por fazer cinema aos 17 anos de idade. Luís nasceu em Valongo, no Porto, a 20 de novembro de 1971. É particularmente conhecido pelo seu trabalho na trilogia “Balas e Bolinhos”, cujo primeiro filme estreou em 2001 e o último, mais recentemente, em 2012. Luís Ismael dirigiu, escreveu e inclusivamente participou como personagem nos filmes. O cineasta não se cinge somente aos filmes, em 2009 realizou e argumentou uma curta- metragem intitulada “consequências”. Luís Ismael já participou também noutras atividades paralelas com humoristas, nomeadamente com Fernando Rocha e Óscar Branco. Óscar caracteriza o seu trabalho como “cinema que podemos chamar nosso” (2018). Mais recentemente na sua carreira, Luís Ismael realizou um filme de comédia português em Janeiro de 2018, intitulado de “Bad Investigate”. O seu mais recente filme, “1618” já conquistou mais de 50 prémios internacionais em festivais de cinema.

 

 

 

Trailer: AQUI

 

 

 

BOOKS & MOVIES - FESTIVAL LITERÁRIO E DE CINEMA DE ALCOBAÇA | 8ª EDIÇÃO

PROGRAMA COMPLETO - AQUI