24
out2022 segunda
11h30 Até 13h30

B&M 2022 - Cinema: “Um Filme em Forma de Assim”, de João Botelho – com a presença do realizador João Botelho e do compositor Daniel Bernardes

Alcobaça
Centro Cultural Gonçalves Sapinho Centro Cultural Gonçalves Sapinho
Cinema

Sinopse

“Um Filme em Forma de Assim”, de João Botelho – com a presença do realizador João Botelho e do compositor Daniel Bernardes

Centro Cultural Gonçalves Sapinho

11H30

Público Geral

M/12

101 minutos

 

João Botelho regressa ao Festival Books & Movies com a sua mais recente obra “Um Filme em Forma de Assim”, em mais uma parceria com o compositor alcobacense Daniel Bernardes, que assina a banda sonora. O filme vai buscar o nome à obra “Uma Coisa em Forma de Assim”, onde está reunida toda a prosa de Alexandre O'Neill (1924-1986) – conta com realização de João Botelho (“Um Adeus Português” "A Corte do Norte", "Filme do Desassossego", "Os Maias" ou “Peregrinação”, “O Ano da Morte de Ricardo Reis”) segundo um argumento seu e de Maria Antónia Oliveira. Baseado na biografia e poesia de Alexandre O’Neill, o filme tem a particularidade de que todos os diálogos e partitura musical são adaptados diretamente da sua poesia. É, segundo as palavras do realizador: “organizado como um sonho, estruturado como um musical e com textos, tanto ditos como cantados, que nos conduzem a situações inesperadas, caóticas e emocionantes, na tentativa de agarrar parte do que o inalcançável Alexandre O'Neill nos deixou.

 

 

Sobre João Botelho

Com 43 anos de carreira e 16 longas-metragens realizadas, João Botelho é o cineasta português no ativo com a filmografia mais vasta. Ao longo da sua carreira, João Botelho teve filmes presentes nos festivais de Cannes, Roma, Antuérpia, Rio de Janeiro, Veneza, Berlim, Salsomaggiore, Pesaro, Belfort, Cartagena e Varna, onde obteve vários prémios. Em Portugal foi premiado com Globos de Ouro, com o prêmio da OCIC, da Sociedade Portuguesa de Autores e com diversos prémios Sophia. Em 2005 foi agraciado pelo Presidente da República Jorge Sampaio com a prestigiada Ordem do Infante D.Henrique (Grau de Comendador).

 

 

Sobre Daniel Bernardes

Daniel Bernardes nasceu em Alcobaça, em 1986. Começou a estudar piano aos 5 anos de idade e aos 18 muda-se para Paris, sendo admitido na prestigiada École Normale de Musique de Paris. Regressa a Portugal para se dedicar ao jazz, estudando com Filipe Melo na Escola de Jazz Luiz Villas-Boas e ingressando depois na Escola Superior de Música de Lisboa, tornando-se o primeiro licenciado em Piano Jazz desta instituição. Em 2010 apresentou o seu trio na Casa da Música, com o qual viria a lançar o seu disco de estreia — Nascem da Terra (2013). Trabalha igualmente para teatro e para cinema, estreando-se com a banda sonora de Peregrinação de João Botelho. Prosseguiu esta colaboração com o realizador português nos seus filmes seguintes: Ano da Morte de Ricardo Reis (2020) e Um Filme em Forma Assim (2022).

 

 

 

BOOKS & MOVIES - FESTIVAL LITERÁRIO E DE CINEMA DE ALCOBAÇA | 8ª EDIÇÃO
PROGRAMA COMPLETO - AQUI