21
Mai2020 Quinta
21h00 Até 23h00

Café com Filmes // Sonhando um Lugar

Torres Vedras
Em casa
Cinema

Sinopse

Sinopse
Lucía e Alfonso estão juntos e vivem uma vida agitada e comprometida com a arte na cidade de Madrid. Após o nascimento da sua filha Greta eles anseiam por uma mudança e decidem mudar-se para uma pequena aldeia localizada num verdadeiro deserto demográfico. Em conversas com os vizinhos, aos poucos, vão descobrindo a situação complicada deste lugar e decidem reinventar-se a partir do zero. O que acontece depois, irá mudar as suas vidas e a dos outros habitantes. Este filme dá-nos uma visão diferente sobre o presente destas pequenas aldeias e do seu grande potencial, ficando no ar a dúvida se viver concentrados nas cidades é realmente uma necessidade ou um costume difícil de mudar. 

Trailer https://www.youtube.com/watch?v=4kQcjJQlfP8 

 

Ficha técnica

> Filme: Sonhando um Lugar  (Espanha, 2018)

Realização Alfonso Kint

Género Documentário 

Data 21 de Maio | Quinta-Feira

Hora 21h

Duração 1h 10min

Classificação Etária M/12

Local Em Casa

Preço do Bilhete Entrada Livre, mas sujeita a inscrição

 

Extensão Cine Eco 2019

Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela

> Menção Honrosa Competição Internacional <

 

Organizado com o apoio de:

 

Outras informações

PARAR PARA PENSAR

Face à prevenção que a todos é pedida, continuamos por casa.

Mas por forma a manter alguma relação com as pessoas que assistem às nossas sessões/comunidade e a combater o isolamento social, iremos realizar este ciclo de forma excecional, em formato online, inserido no programa de Emergência Cultural de Torres Vedras promovido pelo Município/Teatro-Cine (http://cm-tvedras.pt/covid-19/covid19-cultura/).

Num formato temático, este ciclo chamar-se-á "Parar para Pensar" (ver apresentação mais detalhada)

A par do filme, lançaremos o desafio a alguns convidados para que façam pequenas intervenções em vídeo sobre o tema.

As sessões são gratuitas, mas necessitam de uma inscrição.

3ª SESSÃO
[A desertificação do interior, o despovoamento de certos territórios, as novas respostas, parcerias, interrogações e sonhos/sementes que se lançam à terra; o caminho do desenvolvimento local e o contributo que as artes podem dar a este processo]

> Convidados: Festival CineEco (Mário Branquinho, diretor) / projeto Lavrar o Mar (Madalena Victorino e Giacomo Scalisi, Direcção Artística e Programação) / programa Novos Povoadores  (Frederico Lucas, cofundador)