08
mai2022 domingo
15h30 Até 16h30

Encontros na Basílica II

Ourém
Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima
Multidisciplinar

Sinopse

Palestra

Renato Pereira

A mensagem de Fátima como itinerário para viver na «luz que é Deus»

Cada cristão é chamado a acreditar que Deus é luz e a caminhar na luz (cf. 1 Jo 1, 5-7). Esta permanente vocação cristã atualizou-se na vida de Lúcia, de Francisco e de Jacinta. Ao aproximarmo-nos da sua experiência, como se pretende neste encontro, descobrimos um itinerário mediante o qual a “Senhora mais brilhante que o sol” conduz as crianças de Fátima até à “luz que é Deus”. Tal itinerário não é resultado de uma sequência de experiências fugazes, mas da ação da graça de Deus que as vai transformando para viverem na Luz. A resposta de Lúcia, de Francisco e de Jacinta à iniciativa de Deus, através da Virgem Maria, inspira quem ouve hoje a mensagem de Fátima e deseja, como eles, viver em Deus.

 

Recital

Sandra Bartolomeu, sobre música improvisada de Sílvio Vicente

TRÍPTICO POÉTICO-LITERÁRIO

 

  1.  

intransigente como uma muralha (...)

 

Agostinho de Hipona, in Confissões X, XXVI, 38.ª

Tu me chamaste, e teu grito rompeu a minha surdez. (...)

 

Cardeal Henry Newman, in Liturgia das Horas

Luz terna, suave, no meio da noite, (...)

 

II.

Irmã Lúcia, in Memórias da Irmã Lúcia

Gostei muito de ver o Anjo, (...)

 

Era de noite (...)

 

Frei Agostinho da Cruz, in À Imaculada Conceição

Virgem formosa, que do sol vestida, (...)

 

A princípio eu não te via (...)

 

Irmã Lúcia, in Memórias da Irmã Lúcia

Gostei muito de ver Nosso Senhor. (...)

 

III.

Daniel Faria, in Enquanto tenho o lume corro

Enquanto tenho o lume corro (...)

 

E transpiro o teu nome (...)

 

Ficha técnica

Palestra | Renato Pereira / A mensagem de Fátima como itinerário para viver na «luz que é Deus»

           

Recital | Sílvio Vicente / Música

            Sandra Bartolomeu / Poesia

 

Renato Pereira é padre carmelita descalço. Nasceu em 1992, na ilha Terceira (Açores). Começou a sua vida religiosa na Ordem dos Carmelitas Descalços em 2010 e foi ordenado presbítero em 2021. Ao longo do seu percurso formativo, fez os seus estudos teológicos em Salamanca e em Madrid, concluindo o Mestrado Integrado em Teologia na Universidade Católica Portuguesa. Atualmente, vive na comunidade de Fátima e colabora nas iniciativas dos carmelitas descalços na área da pastoral da espiritualidade, da juventude e dos estudos históricos e património cultural.

 

Sílvio Vicente é organista do Santuário de Fátima, desde 2009, compositor e diretor artístico do ensemble vocal profissional Auri Voces, desde 2012. É Mestre em Música pelo Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, onde defendeu a dissertação Louis Vierne – Do estudo da narrativa musical à performance do seu legado para Órgão, sob a orientação científica de António Mota. Além da vertente técnica, interpretação e improvisação neste instrumento, estudou também Composição com Isabel Soveral e Direção Coral e de Orquestra com António Vassalo Lourenço. Paralelamente à sua atividade de organista, é também compositor e maestro. Em 2012, fundou o ensemble vocal Auri Voces, formação dedicada à interpretação de música contemporânea. Além do conjunto de obras instrumentais que assinou, para este ensemble compôs várias obras, algumas de temática sacra, a cappella.

 

Sandra da Silva Bartolomeu é Serva de Nossa Senhora de Fátima desde 2013. É formada em Artes-Plásticas, Ciências Religiosas e em Ensino em ambas as áreas, na última das quais, aprofundou as possibilidades da arte enquanto caminho cultural e mistagógico de acesso ao religioso. Desenvolveu diferentes trabalhos pastorais, nomeadamente no âmbito da educação, da catequese e da pastoral juvenil e vocacional. Atualmente, colabora no Serviço Diocesano da Juventude de Leiria-Fátima e, desde 2018, trabalha no Santuário de Fátima, no Departamento de Acolhimento e Pastoral.

Outras informações

Próximos Encontros

 

5 junho               Encontros na Basílica III

 

4 setembro          Encontros na Basílica IV

 

6 novembro        Encontros na Basílica V