08
Mar2020 Domingo
15h30 Até 16h30

Encontros na Basílica II Recital

Ourém
Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima
Música

Sinopse

Maria, como mãe, rainha e lugar de oração, será o foco deste programa do Coro Autêntico. Na Igreja Católica Romana, a Virgem Maria é a bem-aventurada, em reconhecimento da sua assunção ao céu e a sua capacidade de interceder em favor daqueles que a ela recorrem, por meio de orações e práticas devocionais. Como tal, a Santíssima Virgem ocupa um lugar de destaque entre os católicos que, além de possuírem doutrinas e ensinamentos teológicos relacionados com Maria, também celebram as festas em honra dos seus títulos, cantam hinos, rezam uma variedade de orações e peregrinam a templos marianos. Essas orações e hinos estão bem presentes neste programa com várias Ave MariaSalve Regina e Ave Regina Caelorum. Para além disso, Maria, vista como mãe, está presente no Ave Verum e nos dois poemas de María Victoria Atencia. Esta noção de proteção está bem vincada nos princípios cristãos colocando grande ênfase sobre o papel de Maria como protetora e intercessora.

 

Programa

Alfredo Teixeira (1965)

Estaba abierto el cielo

 

Alfredo Teixeira

Nunca el oído oyó


Claudio Raffi (1952)

Ave Maria


Cristian Gentilini (1974)

Ave Maria


Jason Metheney (1978)

Ave Regina Caelorum

 

Manuel Rebelo (1977)

Salve Regina


Gonçalo Lourenço (1979)

Ave Verum


Gonçalo Lourenço

Ave Maria


Raphaël Terreau (1977)

Ave Maris Stella

 

Ficha técnica

Coro Autêntico

Direção | Gonçalo Lourenço

 

O Coro Autêntico (2016) é formado por alunos da ESART – Escola Superior de Artes Aplicadas –, selecionados no universo dos alunos da escola (instrumento, formação musical, canto e música electrónica) que responderam ao desafio AUTÊNTICO e apostaram na sua participação e génese do que na realidade é, o Coro de Câmara da ESART. Esta aposta surgiu a partir do desafio do Professor José Raimundo para coloborar num projeto de interpretação da música polifónica que se ouvia na Capela dos Duques de Bragança, na Sé de Évora e de Portalegre, entre os finais do século XVI e o princípio do século XVII.

Gonçalo Lourenço nasceu em Lisboa, em 1979. É bacharel em Composição pela Escola Superior de Música de Lisboa, onde trabalhou com o Professor Christopher Bochmann. É mestre em Direção Coral pelo College Conservatory of Music, em Cincinnatti nos EUA, onde trabalhou com os Professores Brad Scott, Elmer Thomas e Earl Rivers. Na Universidade de Cincinnati, trabalhou, enquanto” Minor de Direcção de Orquestra”, com o Maestro Mark Gibson. Doutorou-se, em Direção Coral na Universidade de Indiana, em 2016, onde trabalhou com os professores Robert Porco, Carmen Téllez, Willliam Gray e Sven-David Sandstrom. Atualmente, é o mentor do Studio Conducere, onde ensina direcção coral às jovens promessas da direção, e é Professor de Coro na ESART, onde trabalha com o Coro Geral da ESART e com o Coro Autêntico. Gravou dois CD, um com músicas de compositores da biblioteca de Vila Viçosa do século XVI/XVII, Requiem de Bomtempo, com João Paulo Janeiro, e Flores Mvsica, e outro com peças para Quarteto de Guitarras e Coro.

 

Outras informações

Entrada Livre