24
Jan2020 Sexta
19h00 Até 17h15

Espetáculo de teatro "Estamos todos no mesmo barco"

Fundação Calouste Gulbenkian Fundação Calouste Gulbenkian
Teatro

Sinopse

Uma peça de teatro que apresenta o resultado da residência artística com a Leirena Teatro – Companhia de Teatro de Leiria, que decorreu durante três meses, no último ano do projeto Pavilhão Mozart – Ópera na Prisão, Leiria.

Partindo de sessões de improvisação, o encenador perguntou aos participantes – os jovens reclusos do Estabelecimento Prisional de Leiria – qual a história que gostariam de contar. A resposta foi tão rápida como surpreendente: Os Lusíadas! É sobre esta navegação, que vai de mar em mar, passa o Cabo das Tormentas, enfrenta o Adamastor e mais mil aventuras e desafios, vividos dentro ou fora de celas até chegar a terra firme, que nos fala esta peça.

O projeto Pavilhão Mozart – Ópera na Prisão, promovido pela Sociedade Artística Musical dos Pousos (SAMP), decorreu entre 2014 e 2019 no Estabelecimento Prisional de Leiria – Jovens, com o principal objetivo de baixar os níveis de reincidência criminal de jovens reclusos. Durante este período foram recriadas e apresentadas, dentro e fora de muros, duas óperas de Mozart, que juntaram em palco reclusos, cantores e orquestras profissionais, familiares dos jovens e equipas do estabelecimento prisional. Na primeira edição do projeto, denominada Ópera na Prisão (2014-2016), foi levada à cena a ópera Don Giovanni; na segunda edição, que teve o nome Pavilhão Mozart (2017-2019), foi a vez de uma surpreendente versão de Così Fan Tutte ser partilhada com o público. Durante 2019, o último ano do projeto, a SAMP desafiou outros parceiros artísticos de Leiria a desenvolver com os jovens reclusos três residências artísticas, nas áreas de dança, teatro e audiovisuais, abrindo ao exterior as portas do Pavilhão Mozart – um pavilhão recuperado para que as artes performativas possam ter um espaço de criação permanente, para todos o que habitam o estabelecimento prisional, mas também aberto à comunidade como mais uma sala de cultura na cidade e região de Leiria.

 

DATAS DOS ESPETÁCULOS
sexta-feira, 24 jan 2020 | 19h00 - 20h15
sábado, 25 jan 2020 | 16h00 - 17h15
 
LOCAL
Fundação Calouste Gulbenkian
Edifício Sede – Auditório 2
Av. de Berna, 45A, Lisboa
 
PREÇOS
Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete no próprio dia a partir das 10h00. Máximo de 2 bilhetes por pessoa.
 
| Fotografia de Joaquim Dâmaso |

Ficha técnica

Encenação
Frédéric da Cruz Pires

Dramaturgia
Criação Coletiva

Direção Musical
Bruno Homem

Cenografia
Guarda Guerreiro

Adereços e Figurinos
Carla Freire

Músicos
Fabrício Cordeiro, Bruno Homem e David Ramy

Atores
Bernardo Silva, Estelvio Sambongo, Fábio Couchinho, Jailson Landim, Jefferson Lopes Sá, João Martins, Mathieu Pinto e Rodrigo Leandro Baetas

 

Coordenador do Projeto Pavilhão Mozart
David Ramy

Diretora de Produção, Comunicação e Imagem
Joana Gonçalves

Coordenadora de Familiares
Raquel Gomes

Financiamento Fundação Calouste Gulbenkian, Portugal Inovação Social, Fundação Caixa Agrícola de Leiria 
Parceiros locais Estabelecimento Prisional de Leiria – Jovens, Câmara Municipal de Leiria, Escola de Dança Clara Leão, Leirena Teatro, Casota Collective 
Projeto financiado pela iniciativa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian