16
jul2022
10h30 Até 23h00

ESPORO - Apresentação Da "Rota ESPORO"

Figueiró dos Vinhos
Figueiró dos Vinhos
Outro Animação Cultural Artes Plásticas

Sinopse

Entre 15 e 17 de julho realizar-se-á o encerramento do projeto ESPORO com a apresentação da ‘Rota Esporo', uma rota constituída por diversas peças artísticas implementadas em vários locais de cada um dos Municípios organizadores. O evento consistirá na apresentação pública das referidas peças pelos seus autores, sendo enriquecida por concertos e visitas guiadas.

Em Figueiró dos Vinhos as intervenções artisticas distribuem-se por Cabeço do Peão, Campelo, Fragas de São Simão e Foz de Alge, sendo a sua apresentação no dia 16 de julho. Nos dias 15 e 17 de julho serão apresentadas as peças artísticas em Ansião e Proença-a-Nova, respetivamente.

 

 PROGRAMA FIGUEIRÓ DOS VINHOS - 16 DE JULHO:
CAMPELO > 10h30 - Intervenção artística Pedro Gramaxo - Performance Carmim de Joana Martins
FOZ DE ALGE > 14h30 - Intervenção artística Tiago Francez - Concerto Ana Lua Caiano
FRAGAS DE SÃO SIMÃO > 16h00 - Intervenção artística João Louro - Concerto Homem em Catarse
CABEÇO DO PEÃO > 18h00 - Intervenção artística Bosoletti - Performance Rizoma de Rita Carmo Martins
FIGUEIRÓ DOS VINHOS(CORETO) > 21h00 - Concerto Valter Lobo

 

ESPORO é um projeto de disseminação cultural e artística, em vigor desde o início deste ano, que visa promover uma simbiose entre a arte e o território natural, através de intervenções artísticas que, de forma totalmente integrada, conferem um novo olhar sobre o espaço natural ou patrimonial dos territórios envolvidos, difundindo e desenvolvendo, em última instância, percursos e rotas de visitação. A programação integrou intervenções artísticas na área das artes plásticas, artes visuais, performance e música, como alavanca para a descoberta destes territórios.
 

ESPORO é promovido pelos Municípios de Figueiró dos Vinhos (líder), Ansião e Proença-a- Nova, com curadoria e coorganização da Mistaker Maker - Plataforma de Intervenção Artística, sendo financiado por Fundos da União Europeia através do Centro2020, no âmbito da Prioridade de investimento: conservação, proteção, promoção e desenvolvimento do património natural e cultural - Programação Cultural em Rede, Aviso nº Centro-14-2020-12 - domínio sustentabilidade e eficiência no uso de recursos.