26
set2020
10h00
Até
10
out2020
13h00

EXPOSIÇÃO "BEM-VINDA SEJAS AMÁLIA"

Ourém
OURÉM-AUDITÓRIO CULTURAL DOS PAÇOS DO CONCELHO OURÉM-AUDITÓRIO CULTURAL DOS PAÇOS DO CONCELHO
Artes Plásticas

Sinopse

2020 é o ano em que se assinalam os 100 anos do nascimento de Amália Rodrigues e a exposição itinerante chega a Ourém, integrando o programa nacional de Comemorações do Centenário do Nascimento de Amália, com o Alto Patrocínio do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

A vida da aclamada Diva do Fado é celebrada nesta mostra em quatro módulos, mostrando as diversas facetas de Amália. “Do eco do sucesso mundial que nem sempre chegou a Portugal, pelo seu vanguardismo e arrojo artístico, ao recato do seu camarim. Não esquecendo as curiosidades menos conhecidas da sua carreira”.

“Bem-Vinda Sejas Amália” pretende dar a conhecer a singularidade da figura de Amália, enquanto mulher e artista. “Cosmopolita - presença assídua nas mais importantes salas de espetáculo do mundo - e sensível, no campo a colher flores silvestres”.

O título “Bem-vinda sejas Amália” é uma alusão à forma carinhosa como foi recebida pelos militares portugueses em Moçambique, em 1969, quando foi cantar para os feridos de guerra. A frase, então escrita num cartaz, registada pela RTP para a posteridade, foi sendo replicada noutras alturas e noutros contextos, nas suas inúmeras digressões pelo país e pelo estrangeiro.

Ficha técnica

FUNDAÇÃO AMÁLIA RODRIGUES

FUNDAÇÃO HISTÓRICO CULTURAL OUREANA

MUNICÍPIO DE OURÉM

Outras informações

A exposição está organizada em 4 módulos que procuram dar a conhecer algumas das facetas de uma Amália impossível de ser apresentada e representada a não ser por ela própria.

- Módulo Amália Global - Amália nos palcos do mundo representada por 24 fotografias e excertos de recortes da imprensa mundial impressas em tecido com as dimensões de 2,40x0.70.

- Módulo Amália em privado - Amália em situações comuns do quotidiano, afastada dos palcos. Este módulo é composto por 3 esculturas sob a forma de caixa aberta onde nas faces podemos ver impressas a preto e branco fotografias de Amália em privado e manuscritos dos seus poemas.

- Módulo Amália no Camarim - Amália no seu processo catártico de transfiguração e encarnação da Amália Artista, em que reconstituímos e encenamos os bastidores de um grande Olympia, de um Hollywood Bowl, de um Lincoln Center. Conceptualmente traduz-se num biombo espelhado constituído por 7 volantes onde podemos identificar objetos que Amália levava consigo para as suas atuações e onde nós próprios nos podemos ver refletidos reencarnando personagens do nosso imaginário através da nossa própria imagem.

- Módulo Amália Ela Mesma - Amália através de registos audiovisuais reitera a genialidade do seu brilhantismo, a sua argúcia, o espírito de quem atravessando mares, oceanos e continentes, levou Portugal e a língua portuguesa mais longe, elevando-a, tal como elevou o Fado, a Património Imaterial da Humanidade. Este módulo é materializado através de imagens de arquivo de Amália e dos poetas que cantou.

Horário:

De segunda-feira a sábado | 10h-13h | 14h-17h |