11
jun2022
16h00

IV Festival de Música Antiga de Torres Vedras | POEMAS E WORD PAINTING NA MÚSICA RENASCENTISTA

Torres Vedras
CASruna CASruna
Música

Sinopse

Esta Atividade Integra o programa do IV Festival de Música Antiga de Torres Vedras

 

Apresentado por alunos e professores do Conservatório de Música da Física de Torres Vedras, serão apresentadas obras bem divertidas e de contexto profano de alguns dos autores mais importantes dos séculos XVI e XVII, como Clément Janequin, Claude Goudimel, Juan del Encina ou John Dowland.

Um programa musical que apela a padrões rítmicos bem próximos do rondeau (dança de roda) assim como uma forte presença de elementos diretos entre ritmo e palavra, como se os ritmos "pintassem as palavras" sobre a técnica do word painting, bastante usada nos madrigais desta época.

Ficha técnica

PROGRAMA 

Josquin des Prez (1450- 1521)

El Grillo

 Pierre Passereau (1509- 1547)

Il est bel et bon

 John Dowland (1563- 1626)

Come Again!

 Claude Goudimel (1514- 1572)

Bonjour mon coeur

Thomas Tallis (1505- 1585)

If ye love me

 

Poema I

 

G.F. Haendel ( 1625- 1759)

Gavotte em Dó maior

Christoph Graupner (1683- 1760)

Bourré em Mi menor

 

Poema II

 

Pierre Attaingnant (1494- 1552)

Tourdion

Juan del Encina (1468- 1529)

Pues que ya nunca nos veis

  1. Pedro de Cristo (1545- 1618)

Ay mi Dios

Clément Janequin (1485 - 1558)

Ce Moys de May

Cancioneiro d’Elvas (Séc.XVI)

A la Villa Voy

Pierre Certon (1510 - 1572)

Je ne l’ose dire

 

Intervenientes:

Coro A do Conservatório de Música da Física de Torres Vedras

Prof.João Carlos Perdigão, Maestro

Maria Catarina Carvalho, Órgão

Maria João Santos, Declamação de poesia

 

 

 

O Conservatório de Música da Física, propriedade da Associação de Educação Física e Desportiva de Torres Vedras, iniciou a sua atividade no ano letivo 1979-1980 e obteve do Ministério da Educação a Autorização Definitiva de Funcionamento a 19 de Janeiro de 1981.

Assumiu-se, assim, como a primeira (e única durante anos) escola de música da região oeste a funcionar com paralelismo pedagógico à Escola de Música do Conservatório Nacional, tendo neste momento Autonomia Pedagógica.

Todos estes anos de funcionamento permitiram formar músicos, com um percurso profissional como intérpretes, professores em vários níveis de ensino e ainda cidadãos com uma sólida cultura musical e realização pessoal.

Outras informações

Entrada Livre