05
mai2021 quarta
17h30 Até 19h00

Luisa Ferreira - videoconferência em Fotografia e Território

Tomar
CEFT - Casa do Cubos
Património imaterial Fotografia

Sinopse

Ciclo de videoconferências em Fotografia e Território Abr/Jun 2021

Autor: Luisa Ferreira, 5 Maio, 17.30

Moderação: João Henriques, Programador CEFT – Casa dos Cubos

 

Organização:

Centro de Estudos em Fotografia de Tomar, CEFT – Casa dos Cubos / IPT / CMT

https://ceft.pt/

https://fotografiaeterritorio.ceft.pt/

https://www.facebook.com/Centro-De-Estudos-Em-Fotografia-De-Tomar-354070468558032

 

Nota:

Em finais de 2020 o CEFT – Centro de Estudos em Fotografia de Tomar lançou a iniciativa “Fotografia e Território”, que se materializou inicialmente na criação do site https://fotografiaeterritorio.ceft.pt/, o qual pretende vir a ser uma referência sobre projectos com ligações a Portugal. Como parte dessa iniciativa, e a par do Ciclo de Exposições na Casa dos Cubos, dá-se continuidade em Maio a um conjunto de conferências online, com autores de reconhecida notoriedade e percurso fotográfico, com a próxima convidada Luisa ferreira.

Breve nota sobrea autora:

Luísa Ferreira (Lisboa, 1961). Fotógrafa independente, vive e trabalha em Lisboa. É Mestre em Design e Cultura Visual – Estudos de Fotografia, pela Escola Superior de Design (IADE), escola onde é também professora. Começou a fotografar profissionalmente em meados dos anos 1980. Enquanto fotógrafa, integrou a equipa de fotojornalistas fundadores do jornal Público e trabalhou para a agência de notícias norte americana Associated Press. Expõe individualmente com regularidade desde 1989, desenvolvendo projectos pessoais que incluem por vezes a edição de livros. 

Integrou a exposição Au Féminin. Women Photographing Women 1849-2009, no Centro Cultural Calouste Gulbenkian, Paris, 2009. Expôs nos Encontros de Imagem de Braga nos anos 1994, 1995 e 1996 e nos Encontros de Fotografia de Coimbra em 1994. Foi Primeira Escolha nos Recorridos Fotográficos da ARCO98 (Madrid) com Éter. Recebeu o Prémio Autores 2019, Artes Visuais, Melhor Trabalho de Fotografia pela sua exposição branco, na Galeria Monumental (Set / Out 2018), um projecto desenvolvido a partir do auto-retrato para construir a noção de ficção identitária, que incluiu a edição de um catálogo/livro de artista com o mesmo título. É Professor Adjunto Convidada na Escola Superior de Educação do IPS (Setúbal, desde 2013). Prepara doutoramento na FCSH, Universidade Nova de Lisboa.

luisaferreira.com