09
jun2022 quinta
21h00
Até
11
jun2022
23h00

PEDRO, O CRU – ESTREIA NACIONAL

Alcobaça
Mosteiro de Alcobaça Mosteiro de Alcobaça
Teatro

Sinopse

PEDRO, O CRU
Visita noturna dramatizada a partir das palavras de António Patrício
 
 
:: ESTREIA NACIONAL::
 
9, 10 e 11 de junho, 21h00
MOSTEIRO DE ALCOBAÇA
 

“Pedro, O Cru” estreará em junho de 2022, no Mosteiro de Alcobaça, integrado nas celebrações do Dia de Portugal e contará a lenda da trasladação do corpo de D. Inez de Castro, de Coimbra para o Mosteiro de Alcobaça, onde se encontra ainda hoje, numa versão centrada na obsessão de D. Pedro pela vingança dos assassinos da sua amada e pela crueldade da coroação da mesma.
A encenação é de Tobias Monteiro e contará com Teresa Sobral no principal papel, numa produção da KBB (Kind of Black Box). Com a apresentação de ‘’Pedro, O Cru’’, o criador e encenador Tobias Monteiro completa uma série de três peças de teatro que compõem uma trilogia dedicada à adaptação de lendas históricas do nosso país, escritas pelo grande dramaturgo António Patrício.
A magia passa por dar ao espectador a oportunidade de assistir a textos ficcionados sobre algumas das lendas da nossa história, nos próprios locais aos quais se atribuem os factos narrados.

 
:::::::::::
 
 
 
 
Ficha Técnica
Encenação: Tobias Monteiro
Interpretação: Catarina Guerreiro, David Esteves, João Araújo, Márcia Cardoso, Pedro Cardoso, Pedro Conceição e Teresa Sobral.
Cenografia e Figurinos: Isabel Finkler
Música Original e Espaço Sonoro: Tiago Inuit
Luz: Vasco Letria
Som: Gabriel Sotiry
Direção de Produção: Rita Lima
Produção: Ana Rebelo
Assistência de Produção: Patrícia Duarte
Fotografia Cartaz: João Dordio
Design Gráfico: Andrei Aguiar
Apoio: República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes
Apoio à Produção: Câmara Municipal de Alcobaça e Mosteiro de Alcobaça
 

Lotação por sessão: 120 pessoas | 80min | M/12
Entrada Gratuita mediante levantamento do bilhete no próprio dia do espetáculo entre as 19h00 e as 20h30 (Sala dos Monges – Praça D. Afonso Henriques). Não há reservas.
 

Início de entrada de público a partir das 20h30 pela Sala dos Monges – Praça D. Afonso Henriques.
Após o encerramento das portas, às 21h, não será possível a entrada de público.
 

Espetáculo não acessível a pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência motora.
Espetáculo de carácter itinerante, aconselha-se levar agasalhos, roupa e calçado confortáveis.
Para mais informações: [email protected]