19
Jun2020 Sexta
21h00

Perdidos, mas pouco!

Leiria
Rua Tenente Valadim (frente ao Lar Santa Isabel)
Teatro

Sinopse

Duas crianças que iam acampar separaram-se do resto da família, não sabem onde estão, mas isso não os impede de viver grandes aventuras e fazer importantes descobertas.

Um espectáculo que recorre aos mais diferentes objectos utilizados quando acampamos para criar formas animadas e marionetas, reflectindo sobre questões ambientais e passando a mensagem de que está ao alcance de todos nós proteger a Casa Comum.

Com a ajuda de uns heróis muito especiais eles vão olhar com outros olhos as questões ambientais e perceber a importância que têm na protecção do planeta.

O espectáculo recorre apenas a objectos usados: que estavam danificados; que estavam nos perdidos-e-achados de agrupamentos de escuteiros; ou que pertencem aos próprios actores.

Um espectáculo que pretende promover a criatividade das crianças, um olhar diferente sobre os objectos que utilizamos todos os dias (e que eventualmente se tornam lixo) e a responsabilidade cívica que está ao seu alcance.

 

 

 

Uma estrutura artística da Rede Cultura 2027.

 

Sobre ESTADO DE EXCEPÇÃO,

Tendo como objetivo manter o contato direto com a comunidade através do uso de espetáculos improváveis e deambulantes (com teatro; música; literatura; artes plásticas; dança; entre outros).
A relação entre as pessoas é feita de uma forma concreta e ao vivo, através das suas janelas e jardins privados.
Pretende-se assim, durante o período de isolamento e de regresso a uma nova normalidade, ir ao encontro de toda a comunidade das freguesias do concelho de Leiria, a partir de maio. Três dias por semana (sexta, sábado e domingo), uma carrinha de grandes dimensões (de contentor fechado) deslocar-se-á pelo território e a sua caixa será o palco da rua, onde os artistas realizarão uma apresentação por dia em locais distintos. E todas as janelas e varandas serão plateias num teatro aberto ao ar livre.
Da janela, da varanda, do jardim, os leirienses poderão assistir a espetáculos que deambilam pela cidade na carrinha do Leirena Teatro. Poderão rir, emocionar-se, cantar, dançar e aplaudir.
As Ipss’s serão as primeiras instituições a terem o acesso à Arte.
Este projeto assume-se como um Estado de Exceção ao estado de exceção em que vivemos.
 
 
 
LEIRENA TEATRO - Companhia de Teatro de Leiria
Uma Casa para Toda a Comunidade

Ficha técnica

Ficha Técnica

Texto: Ana Mota Ferreira e Manel Bilro
Criação, interpretação e manipulação: Ana Mota Ferreira e Manel Bilro Sonoplastia: Manel Bilro
Banda Sonora: BenSound
Produção executiva: Catarina Caetano
Produção: A Bolha – Teatro com Marionetas

 

Uma estrutura artística da Rede Cultura 2027.

 

ESTADO DE EXCEPÇÃO

Direção Artistica: Frédéric da Cruz P.

Produção: Tânia Alves 

Assitente de produção: Patrícia Cecílio

Aconselhamento: Celeste Afonso

Design: Paulo Fuentez

Imagem: PHORMA

Equipa de Apoio: Carolina Ventura, Diogo Binnema, Inês Valinho e Tiago Ferreira

 

UM PROJETO: LEIRENA2020

Outras informações

PARCERIA: Município de Leiria

Apoios:

Leiria Cidade Criativa da Música UNESCO, Freguesia de Regueira de Pontes, União das Freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e CortesUnião das Freguesias de Marrazes e Barosa, União das Freguesias de Monte Real e Carvide, União das Freguesias de Santa Eufémia e Boa VistaFreguesia De ArrabalFreguesia De Bidoeira De Cima, Leiria, PortugalTeatro José Lúcio da Silva, Fundação Caixa Agrícola de Leiria, Lubrifuel - Combustíves e Lubrificantes Lda e Bigbrand comunicação visual.