26
mar2021 sexta
10h00

Perséfone e as Estações do Ano - 3ª Sessão - 14:00

Pombal
Celeiro do Marquês ou Museu Marquês de Pombal
Multidisciplinar Museus Teatro

Sinopse

 

Peça de teatro com fantoches a partir dos mitos representados nos estuques ou nas esculturas do palácio de Oeiras. Perséfone vive feliz com a sua mãe, Deméter, num tempo em que o sol brilha todo o ano e as flores e frutos abundam na natureza, até ao dia em que Hades, deus do mundo subterrâneo, resolve raptar Perséfone e levá-la para os seus domínios, devido à grande paixão que sente por ela. Deméter, deusa da terra cultivada, das colheitas e das estações do ano, desesperada e infeliz com o desaparecimento da filha, deixa de cuidar da terra e da agricultura, e o mundo torna-se sombrio e infértil. Ao aperceber-se de que a terra se tornava estéril e que os homens pereciam, Zeus convoca outras divindades para decidir sobre o problema, e envia Hermes, o mensageiro dos deuses, ao mundo subterrâneo para convencer Hades a libertar Perséfone. Hades, depois de muita insistência por parte de Hermes, acede a que a ninfa possa estar junto da mãe durante metade do ano, ficando com ele a outra metade no mundo subterrâneo. Ao reencontrar a filha, Deméter volta a cuidar da natureza, e o mundo refloresce – é Primavera!

Assim, Perséfone simboliza a semente colocada sob a terra, que desponta em todas as Primaveras, dando origem aos frutos que alimentam os homens.

A peça inclui efeitos sonoros que dialogam com as personagens.

Outras informações

 

Público alvo: Pré-escolar, 1º ciclo e 2º ciclo

Informações / Inscrições: [email protected] | 236 210 564

Entrada Gratuita e Inscrição Prévia