30
AgoSexta
18h30

Photini Meletiadis (GER) | TAO

Torres Vedras
Praça do Município, Torres Vedras Praça do Município, Torres Vedras
Multidisciplinar Dança

Sinopse

Uma peça de dança que explora as constantes da transformação. 

No TAO, a espiral destra é um sinal de criação. De um dado ponto, a luz (= toda a existência) espalha-se para o exterior / para o fora. O símbolo do TAO (Dào): Yin Yang é uma espiral. A espiral constitui-se símbolo da mudança, da leveza e da ordem interna de todo ser. O caminho da espiral é o caminho que se realiza para o interior e, novamente, para o exterior. 

A espiral esquerdina é um sinal de retorno à unidade, porque do lado de fora, o caminho tende a fazer-se na direção do si mesmo, representando a conversão interior do homem e a sua renovação espiritual e física.
 
Podemos encontrar a forma da espiral em toda a natureza: universo, caracóis, conchas, plantas, árvores ou teias de aranha. Também, o nosso ADN é organizado em espiral. A espiral manifesta-se como símbolo do nascimento, da vida e da morte. A tindade, pai, mãe e filho / corpo, mente e alma - o poder criativo perfeito do universo. 

Nesta performance, as plantas serão utilizadas para definir diferentes formas nesse espaço que a intérprete habita e por onde se move em diferentes direções, alterando constantemente as atmosferas com som, movimento e variações espaciais.

Ficha técnica

Produção: ARTscenico

Intérprete: Photini Meletiadis

Fotografia: Guntram Walter

 

M/3 anos

Entrada Livre

Mais Informações