06
mai2021 quinta
00h00
Até
25
jul2021 domingo
00h00

Rumble Strip | Andreia Santana

Caldas da Rainha
Biblioteca do campus 3 - Escola Superior de Artes e Design | Politécnico de Leiria Biblioteca do campus 3 - Escola Superior de Artes e Design | Politécnico de Leiria
Artes Plásticas

Sinopse

Rumble Strip é o título da exposição de escultura da artista plástica Andreia Santana, que será apresentada nas Bibliotecas do Politécnico de Leiria, nos campus de Caldas da Rainha e Leiria em 2021 e 2022. Integrada na programação cultural do Politécnico de Leiria, é o resultado de uma parceria com a Galeria Filomena Soares e o HANGAR – Centro de Investigação Artística de forma a intensificar a oferta de ações de mediação e literacia para a arte contemporânea em ambiente académico no contexto da Rede Cultura 2027.  

A exposição estará patente de 06 maio a 25 de Julho de 2021 na Biblioteca da Escola Superior de Artes e Design (ESAD.CR). Seguidamente, de março a maio de 2022, com uma montagem inédita e inclusão de outras obras, a exposição estará na Biblioteca José Saramago em Leiria. 

Esta exposição é constituída por um conjunto de esculturas elaboradas a partir da interação entre a artista e o ambiente e os materiais disponíveis nos contextos empresarias. As obras realizadas em cobre durante a sua residência artística “No entulho”, na Artworks no Porto – fábrica onde a artista desenvolveu as suas obras, trabalham e problematizam a relação do desenho tridimensional com o corpo e o espaço. 

Samuel Rama, curador da exposição define o trabalho de Andreia Santana como “Um desenho que se encontra numa situação instável, mas por isso produtiva, porque tanto segrega espaço justificando a sua amplitude ambiental, como aponta para as estratégias da forma, do objeto fechado sobre si próprio, típico da escultura da primeira metade do século XX.”

 

Andreia Santana (1991, Lisboa) vive e trabalha em Nova Iorque. Licenciada em Artes Plásticas na ESAD - Escola de Artes e Design de Caldas da Rainha, foi participante do Programa de Estudos Independentes em Artes Visuais da Maumaus em Lisboa e é actualmente bolseira do programa de Studio Art da CUNY, Nova Iorque. Tem participado em vários programas de residências artísticas, nomeadamente a Residency Unlimited (Nova Iorque) com bolsa da Fundação Calouste Gulbenkian, Panal 360 (Buenos Aires) e Gasworks - Triangle Network no Hangar (Lisboa). Foi vencedora do Prémio Novo Banco Revelação, nomeada para o Ducato Prize (Itália) e foi recipiente de bolsas incluindo a Fulbright/Fundação Carmona e Costa, Criatório - CMP, Amadeo Souza Cardoso, e Fundação Calouste Gulbenkian - Delegação de França, entre outras.

Expõe regularmente em Portugal e no estrangeiro, com destaque para as exposições: ‘The Skull of the Haunted Snail’, Hangar, Lisboa; ’Hollow Hands' no Spazio Leonardo, Generali Milano; ‘The Outcast Manufacturers’ Galeria Filomena Soares; 10000 anos entre Venus e Marte, Galeria Municipal do Porto; ‘Cultivated Memory’, Peninsula Gallery. Nova Iorque; 'História da Falta’ no Museu de Arte Contemporânea de Serralves; ‘Ponto de Fuga’, Cordoaria Nacional; ‘Ghost of Chance’, La Nave, Madrid; ’10 Anos, 10 Artistas, 10 Comissões’, Chiado 8, Lisboa; ‘Now It Is Light’ Galeria da Boavista, Lisboa;  ‘The Lobster Loop’, MONITOR, Lisboa.

Ficha técnica

Programação e Curadoria

Samuel Rama

Produção

Bibliotecas dos Serviços de Documentação do Politécnico de Leiria

Sónia Gonçalves 

Design Gráfico

Francisco Moreira

Comunicação

Francisco Moreira

Liliana Gonçalves

Sónia Gonçalves

Agradecimentos

Andreia Santana

Bruno Leitão |HANGAR – Centro de Investigação Artística

Galeria Filomena Soares

ArtWorks