18
Out2019 Sexta
21h30 Até 23h00

SOFIA NEUPARTH | SOPRO

Torres Vedras
Teatro-Cine de Torres Vedras Teatro-Cine de Torres Vedras
Dança

Sinopse

SOPRO é um estudo do nascer do gesto que traz ao encontro a alegria de ser movimento! Não se é corpo sozinho.

O prazer de esticar um braço, rebolar, olhar para o céu, tocar o ar, sentir a terra a beijar os pés…dançar. Há uns anos fui descobrindo que o movimento pode fazer-­‐se gesto e que a dança poderia ser a poesia do gesto. Cada forma que se vai fazendo forma, dança a dança que dança…assim possa…e ninguém sabe o que pode um corpo! Seja corpo água, pássaro, luz, nuvem, flor, erva, som, inseto, girafa, peixe. Nunca ressoou em mim a tristeza dos humanos (muitos deles supostamente dedicados à “dança”) quando expressam a incapacidade de “criar” um momento dançante… não que em Sofiez a dança se faça linda e brilhante a todo o momento mas a alegria, o amor de poder dançar, o agradecimento de poder dançar é uma força imensa!

Acompanhei ao longo do caminho da existência vidas complicadas em que o movimento não podia mesmo aparecer, em que o corpo físico se viu enjaulado numa imobilidade cruel. Bem dentro do meu coração acompanhei os últimos anos de quem amo muito, alguém que em criança era selvagem e aventureira e atrevida, alguém que se foi fechando numa concha de não movimento até que qualquer gesto se tornou impossível…e nós humanos aqui a desperdiçar a vida, a inventar complicações que justifiquem a nossa falta de girar, gritar, saltar, existir!

O SOPRO é um grito, um sussurro, uma canção, um beijo, um sopro de amor de existir…não é uma boa dança ou uma dança feia ou…é dança, com a companhia de quem vibra lado a  lado,  a  Margarida  na  atmosfera  e  o  Bruno  na  música, e sabem porque danço? porque posso! E que o mundo dance! que a dança dance! que o corpo possa!

 

 

                                                                                 Sofia Neuparth

Ficha técnica

Criação e Interpretação: Sofia Neuparth

Atmosfera em presença: Margarida Agostinho

Música: Bruno de Azevedo

Luz: Bruno Santos

Produção: c.e.m – centro em movimento, Cristina Vilhena

Imagens do projeto: Play Bleu

 

M/6 

EUR. 5,00