19
abr2021 segunda
19h30

"Um Artista Vulgar" pelo Teatro Efémero

Leiria
Teatro Miguel Franco
Teatro

Sinopse

Carolina Figueiredo utiliza como inspiração principal o conceito de “artista da fome”, presente no conto de Kafka, “Um Artista da Fome”, e desenvolve esta ideia, onde uma pessoa, que utiliza o que pensa ser a sua arte, até à exaustão, fica estagnada no tempo, vive apenas e só do ato de jejuar. O texto inspira-se também no filme “Birdmand” ou “A inesperada virtude da ignorância” de Alejandro G. Iñárritu, onde um ator aparentemente ultrapassado, tenta voltar a chamar a atenção para o seu trabalho, dirigindo um espetáculo na Broadway.

Ficha técnica

Texto CAROLINA FIGUEIREDO
Encenação MIGUEL MOISÉS
Interpretação TITO MOREIRA e BERNARDO SOUTO
Cenografia, figurinhas e sonoplastia CAROLINA FIGUEIREDO
Desenho de luz e fotografia NUNO GOMES
Design gráfico e edição CAROLINA FIGUEIREDO
Direção de montagem e produção executiva ANTÓNIO BARTOLOMEU
Produção TEATRO EFÉMERO
 
O Teatro Efémero é Parceiro Institucional de:
República Portuguesa – Ministério da Cultura, Câmara Municipal de Évora e Câmara Municipal de Sintra

Outras informações

O VIII SINOPSE, Festival de Teatro João Moital tem o apoio de:
 
Câmara Municipal de Leiria
Fundação Caixa Agricola de Leiria
Grupo Iberomoldes
 
Parceiros
Teatro José Lúcio da Silva
Teatro Miguel Franco
Arquivo, Bens Culturais
 
Midia Partners
Região de Leiria
Jornal de Leiria