Associação Coral Calçada Romana

Porto de Mós
Eventos Música Outros Associação Banda/Artista

O Coral Calçada Romana iniciou a sua atividade em Outubro de 1993, no seio da Casa do Povo local.
Nos mais de 500 concertos que já realizou, pisou palcos de destaque como a Basílica do Santuário de Fátima, o Mosteiro da Batalha, o Mosteiro de Alcobaça, o Mercado de Sant’Ana (Leiria), o Castelo e a Sé de Leiria, o Teatro José Lúcio da Silva (Leiria), a Igreja da Graça (Santarém), o Mosteiro de Celas (Coimbra), a Igreja da Misericórdia de Aveiro, o Teatro Municipal de Bragança, o Centro de Congressos de Portalegre, o Centro Cultural de Tábua e o Leiriashopping. Atuou também, entre outros locais, em Alter do Chão, Silves, Alenquer, Golegã, Anadia, Mira, Alpiarça, Lousã, Fornos de Algodres, Alvaiázere, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Ourém, Vidigueira, Rio Maior, Fiães (Santa Maria da Feira) e Pombal. Atuou também em diversos pontos dos concelhos de Góis, Pombal, Gavião, Viseu, Águeda, Mortágua, Gondomar, Benavente, Santiago do Cacém, Oliveira de Azeméis e Mafra.
Deslocou-se doze vezes ao estrangeiro, tendo atuado em França e Espanha e orgulhando-se de ter pisado importantes palcos como a Catedral de Sainte-Marie (Oloron Sainte-Marie), a Catedral de Santiago de Compostela (em 1999 e 2005), a Basílica de Covadonga (2002), a Igreja de San Juan El Real (Calatayud), a Igreja de Santa Mónica (Saragoça), a Basílica do Mosteiro de Guadalupe (2006), o Centro Asturiano de Oviedo (em 2007), a Catedral de Cáceres (2008), o Santuário de Lourdes (2009), o Teatro Nuevo Fernando Arrabal e a Catedral de Santa Maria, em Ciudad Rodrigo (2019). Ainda em Espanha, cantou em Infiesto e Tapia de Casariego (Astúrias), Cabezón de La Sal (Cantabria), Lasarte-Oria e Soraluze-Plasencia de las Armas (Euskadi), Santa Cruz, A Capela e A Estrada (Galiza) e em Navalvillar de Pela, Los Santos de Maimona, Aceuchal e Jarandilla de La Vera (Extremadura).
Cantou ainda em direto para a TVI, em duas ocasiões distintas, e, para todo o mundo, no programa “Multipistas”, da RDP Antena1. Em 2010, animou liturgicamente a Missa em honra do Infante D. Henrique, no Mosteiro da Batalha, nas cerimónias dos 550 anos da sua morte, na presença da Ministra da Cultura. Atuou também na cerimónia solene dos 400 anos da Freguesia e da Paróquia de Alqueidão da Serra e numa sessão inserida na comemoração dos 500 anos da Santa Casa da Misericórdia de Porto de Mós. Participou na animação cultural do Centenário das Aparições de Fátima e na cerimónia de acolhimento da imagem da Virgem Peregrina, em 2016.
Gravou, com outros corais do concelho de Porto de Mós, o CD “Portus Molarum”, em 1998.
Teve ainda várias atuações no concelho de Porto de Mós ao abrigo de protocolos celebrados anualmente com a Câmara Municipal. Colabora também com a delegação de Leiria do INATEL, tendo sido galardoado por esta instituição, em Dezembro de 1999, com a Medalha de Mérito Cultural.
Foi-lhe igualmente atribuída, pela Câmara Municipal de Porto de Mós, a Medalha de Mérito Cultural do Município, na passagem dos 10 anos de atividade coral.
Organiza anualmente o ciclo de música coral “Calçada Romana – Via de Cultura – Coros (Sons Entre Mar e Serra), que vai para a sua 23ª edição e que tem contado com a parceria do INATEL-Leiria e, em algumas edições, com o alto patrocínio da Delegação Regional da Cultura do Centro. Organiza também o Concerto de Natal de Alqueidão da Serra (que vai para a sua 23ª edição), bem como intercâmbio com outros coros nacionais e estrangeiros.
O seu repertório é variado, com temas populares (com predominância para originais da região de Leiria) e clássicos de grandes compositores, como Bach, Mozart, Händel, Verdi, Vivaldi e Pergolesi.
Constituído como associação cultural, o Coral Calçada Romana conta com cerca de 35 elementos. Foi dirigido, desde a sua fundação até Outubro de 2011, pelo Maestro Joaquim Vicente Narciso. Atualmente, o seu maestro é Noé Gonçalves.

Contactos

Morada

Rua de Nossa Senhora da Tojeirinha, 3 2480-013 Alqueidão da Serra

Outras informações