Museu Raul da Bernarda

Alcobaça
Eventos Museus Património

O Museu Raul da Bernarda divide-se em duas exposições: “Os Trajes do Rancho do Alcoa, alusivos à louça de Alcobaça” e “Coleção de Cerâmica Raul da Bernarda”. A exposição dos trajes do rancho do Alcoa marca a reabertura do Museu Raul da Bernarda, cujo espaço foi adquirido pela Câmara Municipal de Alcobaça e que desde 20 de agosto de 2010 está disponível ao público local e nacional. Composta por um espólio doado à autarquia pelos antigos membros da coletividade, a presente mostra retrata a memória histórica, etnográfica e artística de um passado marcante da vida social e cultural de Alcobaça. O Rancho do Alcoa, cuja primeira atuação remonta a 17 de agosto de 1939, espelhou a exaltação dos valores, costumes e tradições regionais durante cerca de vinte anos de incessante e profícua atividade. Da coleção exposta, ganha relevo o conjunto de sete vestidos que o seu Grupo cénico levou à cena na peça “Por Alcobaça” (1947) nas quais era feito um retrato transversal da então vila. A exposição é uma boa oportunidade para conhecer a história alusiva ao rancho do Alcoa, em que o ritmo das suas danças, o seu vasto reportório e os seus trajes coloridos causam ainda hoje impacto. A Raul da Bernarda e filhos Lda. é a fábrica de louça mais antiga de Alcobaça. Fundada em 1875 por José dos Reis, um artífice oriundo de Coimbra, esta pequena indústria viria a introduzir na vila a louça utilitária na tradição e gosto da produção coimbrã. Linha que vem a ser seguida ainda por Manuel Ferreira da Bernarda, seu proprietário a partir de 1900 e cuja direção assumiria até finais da década de 1920. Já sob administração de seu filho, Raul da Bernarda, a fábrica adquire, a partir dos anos 1930, um novo e decisivo impulso criativo e artística muito dominada pelo dinamismo do seu empreendedor mas igualmente comportada pela equipa de excelentes pintores cerâmicos que viriam a marcar a arte decorativa regional e nacional com a expansão denominada louça artística de Alcobaça. A coleção permanente patente no Museu Raul da Bernarda pretende deste modo registar e enaltecer um património com mais de 135 anos de memória e cujas peças únicas expostas cronologicamente documentam a beleza, a importância e riqueza da industria cerâmica de Alcobaça.

Outras informações

museu.raul.bernarda@cm-alcobaca.pt; 925 651 638 / 262 500 800